Ponte Rio-Niterói terá restrição para veículos de carga a partir de 12 de maio

Ponte Rio-Niterói terá restrição para veículos de carga a partir de 12 de maio

6 de maio de 2021

da Agência iNFRA

O tráfego de veículos com três ou mais eixos pela Ponte Rio-Niterói, na BR-101, no Rio de Janeiro, será proibido no horário entre 4h e meio-dia no sentido Rio de Janeiro e entre meio-dia e 22h no sentido Niterói.

A decisão da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), tomada na última terça-feira (4), foi publicada no Diário Oficial da União de hoje (6) e entrará em vigor no dia 12 de maio.

De acordo com a Resolução 5.937 da agência reguladora, a proibição é válida em dias de semana. O ato informa ainda que ele “não altera as normas para a circulação de veículos destinados ao transporte de cargas indivisíveis e excedentes em peso ou dimensões, observados os limites e os requisitos estabelecidos pelo Conselho Nacional de Trânsito”.

Ainda de acordo com a resolução, permanecem inalteradas as determinações da Resolução 1.713/2006 e da Resolução 5.929/2021, ambas sobre o tráfego de produtos perigosos.

As restrições para uso da Ponte Rio-Niterói, que é concessionada para a Ecoponte, do Grupo EcoRodovias, existem desde 2007 por causa do alto volume de tráfego na pista. Elas foram flexibilizadas no início da pandemia da Covid-19, no ano passado. O sistema agora está voltando às restrições anteriores.

A Ponte Rio-Niterói tem um fluxo de veículos por dia, que é de, em média, 150 mil. Ela é a ligação mais rápida entre as duas áreas com alta densidade populacional da região metropolitana do estado.

Ela foi a primeira rodovia concessionada no país, em 1995, num contrato de 20 anos com a CCR. Em 2014, houve novo leilão, com a finalização do contrato de 20 anos da CCR, e a Ecoponte, do Grupo EcoRodovias, venceu a disputa.

Leia também:  iNFRADebate: A necessidade de audiência pública e de AIR nos procedimentos prévios e nos processos de caducidade de concessões rodoviárias federais