MoveInfra: Evento presencial em Brasília debate futuro do setor de infraestrutura

MoveInfra: Evento presencial em Brasília debate futuro do setor de infraestrutura

2 de dezembro de 2022

da Agência iNFRA

Na próxima quinta-feira (8), a MoveInfra – movimento que reúne cinco grandes empresas do setor de infraestrutura – fará seu lançamento oficial com um evento presencial em Brasília, a partir das 9h.

Promovido pela Agência iNFRA, o encontro para convidados reunirá nomes do atual governo e representantes dos governos eleitos para discutir temas para o futuro da infraestrutura no país.

A CEO do MoveInfra, Natália Marcassa, fará uma apresentação sobre os objetivos do movimento, que foi constituído pelas empresas CCR, EcoRodovias, Rumo, Santos Brasil e Ultracargo. Em seguida, um painel master vai contar com representantes de governos e órgãos de controle para tratar dos próximos passos no setor. 

Os CEOs das companhias que criaram o movimento vão apresentar uma carta aos representantes dos governos sobre os objetivos do MoveInfra. Também haverá uma sessão com os representantes das associações que constituem a Aliança Para a Infraestrutura, no qual será firmado um compromisso de parceria da MoveInfra.

A Aliança Para a Infraestrutura é formada pela ABTP (Associação Brasileira dos Terminais Portuários), a ABR (Aeroportos do Brasil), ABCR (Associação Brasileira das Concessionárias de Rodovias) e a ANTF (Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários).

Na parte da tarde, o encontro terá três painéis com especialistas de diversos setores que vão tratar de segurança jurídica, atração de investimentos e compromissos socioambientais. Esses painéis representam os propósitos da associação.

“A gente optou por um evento porque a gente quer muito que o MoveInfra seja um espaço para discutir e para pensar”, disse Natália. “Aqui a gente tem algumas pautas que a gente entende serem prioritárias. Mas estamos longe de ter certeza de como resolver esses problemas. Por isso um evento, para pensar e começar dialogando com todo mundo.”