Capacitação de pessoal será foco de acordo da Valec com empresa dos EUA

Capacitação de pessoal será foco de acordo da Valec com empresa dos EUA

24 de agosto de 2022

da Agência iNFRA

A capacitação de pessoal para o setor de ferrovias será o foco inicial dos projetos de parceria entre a Valec, estatal federal de ferrovias, e Ensco, empresa de serviços ferroviários com sede nos EUA. Um memorando de entendimentos foi assinado entre as duas empresas nesta terça-feira (19), em Brasília, para a execução de projetos em parceria.

A intenção do diretor-presidente da estatal, André Khun, é iniciar o treinamento de servidores da empresa nos EUA para que eles possam trazer novos conhecimentos para desenvolver a área de ferrovia privada no país. Segundo ele, há preocupação com escassez de mão de obras para projetos do setor nos próximos anos.

Ivan Aragona, gerente da companhia dos EUA, diz que a ideia é trazer para o Brasil mais conhecimento sobre ferrovias em diversas áreas, o que já é especialidade da companhia que atua há mais de quatro décadas na prestação de serviços ferroviários lá e também prestando serviços para concessionárias no Brasil. 

Trechos devolvidos
Outro foco do acordo, segundo Aragona, é na preparação para que seja possível utilizar trechos devolvidos para novas ferrovias em modelo de short line para carga ou para transporte de passageiros. Segundo ele, é preciso pensar em modos seguros para se aproveitar esses trechos hoje sem uso.

Matthew Dick, chefe de estratégia e desenvolvimento da Ensco, que assinou o protocolo, disse que o Brasil está iniciando um momento que os EUA já vivenciaram décadas atrás e a intenção da empresa é colaborar para trazer os aprendizados da experiência da liberação do setor ferroviário para investimentos privados.

O diretor-presidente da Valec explicou que o memorando deixa a possibilidade de vários tipos de acordos com a empresa dos EUA, como auxiliar na prestação de serviços, por exemplo, e que cada caso vai ser analisado para que se tenha o tipo de contrato adequado.

A Valec tem sido procurada por companhias privadas que solicitaram autorizações para construir ferrovias no país no ano passado para apoiá-las na realização de estudos de traçado, projetos, análises ambientais e de desapropriações, entre outros serviços. Um acordo já foi firmado este ano para apoiar a elaboração de projetos de uma das autorizatárias.

A estatal, que se caracterizou pela construção de ferrovias desde sua criação na década de 1970, se prepara para uma nova fase em que vai incorporar a EPL (Empresa de Planejamento e Logística) para ser uma companhia de apoio à estruturação e desenvolvimento de projetos de infraestrutura. A parte de construção de ferrovias estatais passará a ser feita pelo DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes). 

A assinatura do memorando foi precedida de um debate sobre o setor ferroviário que contou com a presença do diretor de negócios da estatal, Alex Trevizan, do diretor-presidente da ANTF (Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários), Fernando Paes, e da diretora-executiva da ANPTrilhos (Associação Nacional dos Transportadores de Passageiros sobre Trilhos), Roberta Marchesi. A mediação do encontro foi do editor-chefe da Agência iNFRA, Dimmi Amora.