Brasil tem 51 cidades com potencial para viabilizar trens turísticos, segundo ANTF

Brasil tem 51 cidades com potencial para viabilizar trens turísticos, segundo ANTF

28 de fevereiro de 2019
da Agência iNFRA

Estudo feito pela ANTF (Associação Nacional dos Transportadores Ferroviários) mostra que o Brasil tem 51 cidades com potencial para viabilizar trens turísticos no lugar dos ramais antieconômicos. Esses municípios apresentam maior fluxo turístico, seja na cidade interveniente ou na dominante, e maior número de empregos e estabelecimentos no setor de hospedagem.

Para analisar as malhas ferroviárias que têm capacidade para se tornar turísticas, foram usadas como referência cidades próximas aos trechos abandonados. O critério adotado foi a categorização dos municípios pelo Ministério do Turismo em A, B, C e D. Sendo A os municípios mais viáveis e D os menos viáveis. O resultado foi de 51 cidades na categoria A; 155 na categoria B; 424 na categoria C; e 1219 na categoria D.

Outro critério de classificação foi a qualidade de preservação do ramal desativado na cidade dominante, “já que a demanda por trem turístico é, via de regra, sazonal e relativamente pequena, podendo o efeito concorrencial ser deletério”, conforme o texto, que não revela quais cidades poderiam viabilizar os ramais hoje inutilizados.

Poder público
Existem hoje no Brasil 24 trens turísticos, dos quais 20 em operação, dois paralisados e dois em projeto. O estudo mostra que a implantação de novos projetos ferroviários para turismo dependem, via de regra, não só do empreendedorismo, como também do apoio do setor público, uma vez que o potencial das linhas mais óbvias e mais rentáveis já vem sendo explorado.

Leia também:  iNFRADebate Live: Para diretor da ANTT, metodologia da secretaria do TCU para valor da EFC é "nitidamente distorcida"