Anac decide até dezembro conflito entre Infraero e aéreas sobre totens de check-in

Anac decide até dezembro conflito entre Infraero e aéreas sobre totens de check-in

16 de novembro de 2018

 

Dimmi Amora, da Agência iNFRA

A ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) deve decidir, até dezembro, uma disputa entre a Infraero e as empresas aéreas sobre a implantação de totens de check-in nas unidades administradas pela estatal.

A agência abriu um processo de arbitragem sobre o projeto da empresa aeroportuária que desejava implantar essa solução em todas as suas unidades. As empresas aéreas alegaram que na maioria das unidades da estatal a implantação do sistema traria custos a mais para elas sem qualquer vantagem para os passageiros, devido ao baixo número de usuários, impondo um custo ao sistema.

Na reunião de diretoria da agência nesta terça-feira (14), o diretor Ricardo Fenelon, responsável pelo processo, negou recurso da Infraero que tentava invalidar a análise de uma das áreas de agência no processo. Esse pedido ficará com análise suspensa até a decisão do processo original, que segundo ele está prevista para ser dada até o fim do ano.

Em outro processo, os diretores decidiram diminuir pela metade multa dada à Inframérica por vazamento de água no saguão do aeroporto de Brasília em 2014. O valor ficou em R$ 18 mil. A diretoria também negou provimento a recurso da BH Airport, do Aeroporto de Confins (MG), operado pela CCR/Zurich Airport, sobre cálculo do Fator X do reajuste por perda de prazo.

Processo que renovaria outorga da Azul Linhas Aéreas foi retirado de pauta pelo diretor relator, Ricardo Fenelon. A agência tem marcadas mais duas reuniões de diretoria até o fim de 2019.

Leia também:  Usuários demonstram preocupação com aumento de tarifas de pedágio em reequilíbrios pela Covid-19