País vai precisar de r$ 10 trilhões em infraestrutura em 20 anos, indica o Infra 2038

O desafio do país para sair das posições intermediárias no ranking de infraestrutura até 2038 é quase de duas vezes o tamanho do PIB atual do país. São necessários pelo menos R$ 10 trilhões em investimentos acumulados nesse período de 20 anos, o que significaria sair da atual média de 1,5% do PIB ao ano de investimentos para algo em torno de 6,5%.

É o que estima Diogo MacCord, coordenador movimento Infra 2038, um think tank que que pretende apontar os caminhos para que o país consiga avançar no setor nos próximos anos e atingir a meta de estar entre as 20 primeiras nações nos rankings de qualidade de infraestrutura.

MacCord falou no painel Desafios de Governança e Capacitação em PPP. Diferentemente de Ricardo Sennes, para ele o principal gargalo do país no setor é a produção de estudo e projetos de qualidade, e não o problema regulatório.

Na estimativa dele, o problema regulatório se converte em risco para os investidores que o governo pode aumentar, nesse momento, a taxa de retorno como compensação, enquanto os problemas regulatórios não são solucionados. Ele citou como exemplo de acerto nessa política os leilões de Linhas de Transmissão no ano passado, quando essa política fez com que a quantidade de licitações desertas caísse.

Nas estimativas do Infra 2038, o país vai precisar começar logo a aumentar os investimentos e o desafio seria chegar a R$ 290 bilhões já em 2020 (valor que é quase o dobro do atual).

Qualificação em concessões
Carlos Nascimento, coordenador-geral do MBA PPP e Concessões, também integrante da mesa, apontou que os desafios não são apenas de recursos. Para ele, será necessário fazer investimentos em qualificação de mão de obra.

Leia também:  iNFRADebate: São Paulo inova no diálogo público-privado sistematizado

Com sugestão ao público, ela apontou que os projetos de PPP e Concessões podem, ainda na fase de estudos, destinar verbas para o treinamento de pessoal para que a governança do sistema de concessões possa ser fortalecida


Informações deste texto foram publicadas antes pelo Serviço de Notícias da Agência iNFRA. Esse produto diário é exclusivo para assinantes.

Para ficar bem informado, sabendo antes as principais notícias do mercado de infraestrutura, peça para experimentar os serviços exclusivos para assinantes da Agência iNFRA, enviando uma mensagem para nossa equipe.