Governo divulga vencedor da PMI dos Aeroportos


 

da Agência iNFRA

O consórcio liderado pela empresa Moysés & Pires Sociedade de Advogados venceu a disputa da PMI (Proposição de Manifestação de Interesse) para os três blocos de concessões aeroportuárias previsto para este ano pelo governo federal. Os documentos de aprovação estão neste link.

O valor dos ressarcimentos foi estabelecido em R$ 28,3 milhões para o Bloco 2 (Nordeste), R$ 20,7 milhões para o Bloco 3 (Mato Grosso) e R$ 10,6 milhões para o Bloco 4 (Vitória e Macaé). Os valores terão que ser pagos pelo vencedor de cada uma das concessões, caso ocorram, ao consórcio autor do estudo vencedor PMI.

O consórcio é formado pelas empresas Bacco Arquitetos Associados, CPEA Consultoria, Planejamento e Estudos Ambientais, Infraway Engenharia, Provicenter Negócios em Infraestrutura, Terrafirma Consultoria, além da Moysés & Pires. Oito grupos chegaram a pedir para fazer estudos, mas apenas três haviam sido selecionados.

Com a divulgação do vencedor, o governo vai enviar para a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) oficialmente os documentos para a agência apresentar o edital e minuta de contrato para consulta pública. Pelo andamento, a licitação tem chance de ocorrer no próximo semestre. O governo pretende conceder 13 unidades que estão sob a administração da Infraero.

Leia também:  Governo Recebe Estudos para Concessão de 13 Aeroportos

Informações deste texto foram publicadas antes pelo Serviço de Notícias da Agência iNFRA. Esse produto diário é exclusivo para assinantes.

Para ficar bem informado, sabendo antes as principais notícias do mercado de infraestrutura, peça para experimentar os serviços exclusivos para assinantes da Agência iNFRA, enviando uma mensagem para nossa equipe.