Consórcio da Linha 6-Laranja do Metrô de SP não pode receber financiamento

Da Agência iNFRA

O Consórcio Move São Paulo, da Linha 6-Laranja do Metrô de São Paulo, não poderá receber financiamento para o projeto de PPP (Parceria Público Privada) enquanto os atuais controladores, empresas ligadas a construtoras denunciadas na Operação Lava Jato, estiverem com notas de crédito em baixo grau de classificação de risco.

A obra tem um crédito aprovado de R$ 3,9 bilhões pelo BNDES para financiamento de longo prazo desde 2013. Um desembolso inicial foi feito no valor de R$ 550 milhões. No entanto, os demais desembolsos previstos foram interrompidos por causa da deterioração das notas de crédito das empresas Consórcio Move São Paulo, formado pelos grupos Odebrecht, Queiroz Galvão e UTC Participações. Após quase R$ 2,6 bilhões gastos, as obras pararam em 2016 e as fianças bancárias foram executadas.

Senadores de São Paulo apresentaram consulta ao TCU (Tribunal de Contas da União) questionando se havia algum tipo de óbice legal à continuidade dos desembolsos. E o relator do processo, ministro-substituto Weder de Oliveira, deu razão ao banco, considerando que haveria descumprimento de normas internas do BNDES e também do Banco Central se o dinheiro fosse liberado nas atuais condições das empresas.

“As empresas (…) sofreram deterioração das suas condições financeiras, o que aumentou o risco da operação de crédito de longo prazo para além dos limites estabelecidos pelas normas operacionais que regulam o funcionamento do BNDES”, informa o relatório aprovado na quarta-feira (20), que avalia que as companhias têm nota baixa em quatro de seis critérios de avaliação e que a nota de crédito delas, hoje, é em grau especulativo.

Leia também:  Novo presidente do TCU diz que análise de privatização terá prioridade e reforça fiscalização

Informações deste texto foram publicadas antes pelo Serviço de Notícias da Agência iNFRA. Esse produto diário é exclusivo para assinantes.

Para ficar bem informado, sabendo antes as principais notícias do mercado de infraestrutura, peça para experimentar os serviços exclusivos para assinantes da Agência iNFRA, enviando uma mensagem para nossa equipe.